sexta-feira, 5 de abril de 2013

Wikileaks tira máscara da mídia brasileira e comprova: estão a serviço dos EUA

Aconteceu o que já era de conhecimento dos menos desavisados. A grande imprensa brasileira foi finalmente desnudada, com tudo comprovado em documentos oficiais e sigilosos. Quem ainda tinha motivos para outorgar credibilidade à estes veículos e seus jornalistas, não tem mais

Novos documentos vazados pela organização WikiLeaks trazem à tona detalhes e provas da estreita relação do USA com o monopólio dos meios de comunicação no Brasil semicolonial.

Um despacho diplomático de 2005, por exemplo, assinado pelo então cônsul de São Paulo, Patrick Dennis Duddy, narra o encontro em Porto Alegre do então embaixador John Danilovich com representantes do grupo RBS, descrito como “o maior grupo regional de comunicação da América Latina“, ligado às organizações Globo.

O encontro é descrito como “um almoço ‘off the record’ [cujo teor da conversa não pode ser divulgado], e uma nota complementar do despacho diz: “Nós temos tradicionalmente tido acesso e relações excelentes com o grupo”.

Outro despacho diplomático datado de 2005 descreve um encontro entre Danilovich e Abraham Goldstein, líder judeu de São Paulo, no qual a conversa girou em torno de uma campanha de imprensa pró-sionista no monopólio da imprensa no Brasil que antecedesse a Cúpula América do Sul-Países Árabes daquele ano, no que o jornalão O Estado de S.Paulo se prontificou a ajudar, prometendo uma cobertura “positiva” para Israel.

Os documentos revelados pelo WikiLeaks mostram ainda que nomes proeminentes do monopólio da imprensa são sistematicamente convocados por diplomatas ianques para lhes passar informações sobre a política partidária e o cenário econômico da semicolônia ou para ouvir recomendações.

Um deles é o jornalista William Waack, apresentador de telejornais e de programas de entrevistas das Organizações Globo. Os despachos diplomáticos enviados a Washington pelas representações consulares ianques no Brasil citam três encontros de Waack com emissários da administração do USA. O primeiro deles foi em abril de 2008 (junto com outros jornalistas) com o almirante Philip Cullom, que estava no Brasil para acompanhar exercícios conjuntos entre as marinhas do USA, do Brasil e da Argentina.

O segundo encontro aconteceu em 2009, quando Waack foi chamado para dar informações sobre as conformações das facções partidárias visando o processo eleitoral de 2010. O terceiro foi em 2010, com o atual embaixador ianque, Thomas Shannon, quando o jornalista novamente abasteceu os ianques com informações detalhadas sobre os então candidatos a gerente da semicolônia Brasil.

Outro nome proeminente muito requisitado pelos ianques é do jornalista Carlos Eduardo Lins da Silva, d’A Folha de S.Paulo. Os documentos revelados pelo WikiLeaks dão conta de quatro participações do jornalista (ou “ex-jornalista e consultor político”, como é descrito) em reuniões de brasileiros com representantes da administração ianque: um membro do Departamento de Estado, um senador, o cônsul-geral no Brasil e um secretário para assuntos do hemisfério ocidental. Na pauta, o repasse de informações sobre os partidos eleitoreiros no Brasil e sobre a exploração de petróleo na camada pré-sal.


Fernando Rodrigues, repórter especial de política da Folha de S.Paulo, chegou a dar explicações aos ianques sobre o funcionamento do Tribunal de Contas da União.
Outro assunto que veio à tona com documentos revelados pelo WikiLeaks são os interesses do imperialismo ianque no estado brasileiro do Piauí.

Um documento datado de 2 de fevereiro de 2010 mostra que representantes do USA participaram de uma conferência organizada pelo governador do Piauí, Wellington Dias (PT), na capital Teresina, a fim de requisitar a implementação de obras de infra-estrutura que poderiam favorecer a exploração pelos monopólios ianques das imensas riquezas em matérias-primas do segundo estado mais pobre do Nordeste.

A representante do WikiLeaks no Brasil, a jornalista Natália Viana, adiantou que a organização divulgará em breve milhares de documentos inéditos da diplomacia ianque sobre o Brasil produzidos durante o gerenciamento Lula, incluindo alguns que desnudam a estreita relação do USA com o treinamento do aparato repressivo do velho Estado brasileiro. A ver.

77 comentários:

  1. Eu também penso que a mídia brasileira é controlada pelos grandes a favor dos grandes mas pra vc postar coisas como essas tem que ser dadas fontes. :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. www.wikileaks.org

      Excluir
    2. As fontes são os documentos inéditos do WikiLeaks citados na matéria. Ou alguém acha que isso sairia normalmente na mídia da nossa semi-colônia?

      Excluir
    3. Search results
      You searched for william waack (all pages starting with "william waack" | all pages that link to "william waack")
      For more information about searching WikiLeaks, see Help.

      No page text matches

      Note: Only some namespaces are searched by default. Try prefixing your query with all: to search all content (including talk pages, templates, etc), or use the desired namespace as prefix.
      Advanced search


      NADA SOBRE WILLIAM WAACK NO WIKILEAKS

      Excluir
    4. eh? e william bonner vc ja ouviu falar?

      Excluir
    5. Coloca o link do torrent q vai para os arquivos. REsolve o problema!

      Excluir
    6. Quer melhor..?

      Excluir
    7. https://www.google.com/search?num=10&lr=lang_en&safe=images&hl=en&as_qdr=all&site=webhp&tbs=lr%3Alang_1en&source=hp&q=site%3Awikileaks.org+william+waack&oq=site%3Awikileaks.org+william+waack&gs_l=hp.3...2113.37503.0.37686.23.23.0.0.0.0.261.3582.8j0j14.22.0....0...1c.1.21.hp.kuzkL51B9Pk

      Excluir
  2. deep web amigo deepweb

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A wikileaks ja esta na surface ha muito tempo.

      Excluir
    2. Mas na Wikliaks da DEEP WEB tem muita coisa que não está na surface.

      Excluir
  3. Mas quem realmente não sabia sobre isso ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quem não sabia?

      Uns 80% da população.

      Aqui é o Brasil, lembra?

      Excluir
    2. Meu anjo existe muitas pessoas controladas pelas midia eu fui uma delas é uma prisão para sua mente para que não veja a verdade...

      Excluir
    3. a verdade liberta...por isso fica óbvio(não tão óbvio para uns milhões)que mecanismos "trabalhem" para que a prisão das mentes continuem com seu "belo" complô

      Excluir
    4. Perdoem-me a intromissao. O controle da impressa, mesmo nos chamados paises do Primeiro Mundo, eh do conhecimento de muitos. Agora, encontrar provas desse controle eh um fato novo para mim. Aos especialistas que as encontraram: queiram educar a populacao apresentando "links" precisos de onde a informacao vem. Se fazem uma afirmacao, eh normal que se espere o link da secao correpondente a mesma.

      Excluir
    5. Cara, eu acho que você nunca ouviu falar da WikiLeaks..........eles só postam coisas com provas, eles são pagos para isso ;)

      Excluir
  4. então poste as fontes na deep web ué, fonte é fonte

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pra quê se você não sabe usar? ahuahauhahauhah

      Excluir
    2. So procurar gente, povo alienado

      Excluir
  5. o problema não é saber ou não saber, e sim ter provas concretas sobre isso

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. provas? hahaha ta de sacanagem né amigo(a) olhe a sua volta, essa é a melhor prova q vc pode ter :D

      Excluir
  6. mais é obvio que os jornalistas servem de cordeirinhos , eles são inteligentes e teriam vontade de falar e denunciar muita coisa , mais no fim eles se vendem e são apenas reprodutores de noticias selecionadas a dedo para manter o povo distraido e alienados.

    ResponderExcluir
  7. pra mim nem precisa de fontes, só nao enxergar quem nao quer

    ResponderExcluir
  8. Sempre quis saber quem estipulava a pauta dos jornais brasileiros. Achava muito estranho porque todos eles continham o mesmo conteúdo.

    ResponderExcluir
  9. O problema não é os jornalistas serem a favor dos americanos e dos sionistas. O problema é que ningume fala da repressão do povo brasileiro pelos governantes, da péssimas condições da educação no país, da falta de hospitais, e da sempre presente massa de filmes violentos americanos, que servem para a mentalidade deles, e nos transformam em seres brutais e desumanos.

    ResponderExcluir
  10. Tá na cara, o pior cego é aquele que não quer ver! O Brasileiro infelizmente é assim, só fecha a porta depois de ter sido roubado. Triste, mas é o mal de um povo desprovido de educação e atolado na corrupção.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na verdade, pessoal quer é ver o deu "Walking Dead de cada dia" e que se dane o resto!!

      Excluir
  11. Fontes linkadas, por favor?

    ResponderExcluir
  12. Acho pouca informação para afirmar que existe uma manipulação. Com certeza sofremos forte influência, mas calma lá. Reclamamos tanto das mídias sensacionalistas, não vamos fazer o mesmo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara, olha a tua volta, crianças entrando na sexualidade prematuramente por causa de "novelinhas" q estimulam isso, mostrando namoros de crianças como a coisa mais fofa e normal do mundo, comerciais estupidos, noticias estupidas sobre famosos e o "modo de vida" deles, e os mocinhos que querem um pais livre de corrupção e que estão nas ruas lutando por isso sendo chamados de os mascarados, MASCARADOS, VANDALOS, VANDALOS, MASCARADOS, MASCARADOS, cara, tu ja notou o quanto repetiram isso? acorda amigo isso é pura manipulação.

      "O povo escolheu a globo, isso é alienação. Plim, plim"

      Excluir
  13. Podes colocar o link da postagem do Wikileaks? Pois eu não achei este artigo.
    Obg.

    ResponderExcluir
  14. Mostre-me as fontes ou será comparado ao jornalista da Globo. Ressalto que não são fontes válidas: Google, deep web, internet etc. Fontes são links para matérias, para documentos, para depoimentos, mostrando a origem disso com comprovação.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pra vc falar isso, é pq É DA PIG né (GLOBO), hum?!

      Excluir
    2. Estranho esse negócio de "negar" a fonte, não?
      A matéria não diz muita coisa se não tiver fonte. O governo estadounidense com certeza procura se informar do que acontece em vários países, seria natural querer informações sobre tais assuntos (exceto Piauí). Convocar um consultor público ou um jornalista para apresentar relatório seria o formal, para ver se as coisas de alguém com uma visão nativa bateria com sua inteligência.
      Mas qual o propósito real do texto?
      Desnecessário é buscar no google para saber sobre a influência dos EUA nas terras tupiniquins. Qualquer ser que se informe por mais de uma fonte na grande rede no mínimo imagina que coisas piores aconteçam por trás da cortina. Piores do que chamar jornalista pra perguntar como anda o pré-sal...

      Excluir
  15. Só não enxerga quem tem interesse em não enxergar...

    ResponderExcluir
  16. Interessante, mas um pouco vago. Podem ser coincidencias pegas por algum sensacionalista ao longo de anos. Espero que não, pois não sou a favor da mídia brasileira e menos dos u.s.a.

    ResponderExcluir
  17. O problema é que estes 80% da população não está nem ai, estão mais preocupados no que vai acontecer na novela.
    Tenho vergonha de certa maioria do povo brasileiro, que só reclamam.
    Acho que está na hora de uma revolução maior, algo em prol da mudança.

    ResponderExcluir
  18. Gostaria de pedir ao reprodutor do texto que utilizasse a nomenclatura correta ao se referir aos EUA ou outros termos, pois, creio que os Anon visam a integração de parte da sociedade em suas causas e sua ideologia, o problema é que ao utilizar esses termos diferentes para se referir a coisas simples, acaba dificultando a compreensão e o entendimento de pessoas simples que procuram a página para obter mais informações dos Anon e do que ocorre no mundo, pois elas não estão "dentro" ou "por dentro", fazendo com que não retenha toda o conteúdo.

    ResponderExcluir
  19. PESSOAL....COMPARTILHAR MATERIA POR FAVOR

    ResponderExcluir
  20. a midia que se encontra nas maos dos politicos de direita ,sao os mesmos que promovem a parada gay ,a midia que trabalha com espioes internacionais.A desconstrução social, por meio do alienamento do povo, já vem ocorrendo a décadas, essa mídia prostituída.

    ResponderExcluir
  21. O WikiLeaks expôs as víceras da democracia de araque dos EUA. Hipócritas até a alma!

    ResponderExcluir
  22. Poxa pessoal, não caiam nessa não. Isso de inimigo internacional é distração. O nosso inimigo real fica aqui na nossa cara em Brasilia mesmo. A Record foi processada e condenada por difamar este boato. Olhem aqui: https://esaj.tjsp.jus.br/cpo/pg/show.do?processo.foro=100&processo.codigo=2SZX9YCWJ0000

    Inexiste qualquer documento do WikiLeaks apontando o como informante dos EUA, como infiltrado da CIA e outros fatos ofensivos que foram dirigidos ao jornalista William Waack.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ótimo link, derruba parte fundamental do texto. Ficou constatado em juizo que inexiste qualquer documento do wikileaks sobre william waack.

      Publicar texto sem checar fontes é sempre um risco. Nesse caso provou-se falso.

      Excluir
    2. vamos fazer campanha para canonizar são guilherme waack...a globovaticano assim o quer...amém!

      Excluir
  23. Sem contar que são umas 7 famílias que controlam os meios de comunicação no Brasil.... só falam o que eles querem...

    ResponderExcluir
  24. Não duvido de nada que está escrito aí.
    Concordo sobre prezar pelo bom português.

    E acima de tudo, FONTES! Não é questão de “só sendo cego para não enxergar”, o fato é, até onde entendo o movimento Anonymous, ele é a luta pelo entendimento, o conhecimento e a verdade por trás das cortinas, e como todo bom movimento racional e científico, é imprescindível a apresentação de fontes. Isso fornece credibilidade aos argumentos, sem isso, é apenas estória, conspiração e revolta de adolescente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. a revolta não tem idade...e adolescente também é gente

      dica de livro:"o apanhador no campo de centeio" de j.d. salinger

      Excluir
  25. OLHA PQ OS VIADOS PERSEGUEM MARCOS FELICIANO...

    11 MILHÕES que era para EDUCAÇÃO foi parar na PARADA GAY.

    http://www.youtube.com/watch?v=GQs6JUbDahw

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pouco perto dos bilhões embolsados pelo governo, sem falar em outros milhões extorquidos pelo próprio marcos feliciano de pessoas que acreditam cegamente nele!

      Prova?

      http://www.youtube.com/watch?v=_dxt6X3PODg

      Tirando dinheiro de familias que mal conseguem se sustentar!

      Excluir
    2. Luciano, que vídeo ótimo, não tinha conhecido esse ainda!
      Desmascara mais esse CANALHA.


      Anon de 5/4/13 20:32, ser contra o sistema NÃO É COERENTE com HOMOFOBIA.

      Excluir
    3. essa porra desse video é mô caô

      Excluir
  26. http://1.bp.blogspot.com/-wxiGrIdD6bs/Tr6YQ35Uc1I/AAAAAAAAAac/P8UCYlb0E9U/s1600/super-master-of-the-obvious-41317361714.jpg

    ResponderExcluir
  27. Puta que pariu, mas o Brasil nao tem conserto mesmo....por isso todo mundo quer tirar o seu, sabem que esse pais nao tem outro papel no mundo a nao ser o de capacho dos outros....

    ResponderExcluir

  28. Esta reportagem é uma vergonha para a Anonymous Brasil. Deste jeito vão acabar minando a credibilidade.
    Olha mais uma prova material formal de que isso é tudo boato imaturo ou até criminoso contra o reporter. Acho que deviamos checar as fontes antes de publicar qualquer coisa.

    http://s.conjur.com.br/dl/condenacao-record-waack.pdf

    ResponderExcluir
  29. Haa Faça-me o favor, todos sabemos no fundo que essa a midia não so Brasileira como a de praticamente todos os paises são controladas, e como o colega ali de cima disse, só não encherga quem não qué, pra que fontes melhores do que as que nós vemos dia após dia em nossas frentes? é so vc olhar o que acontece la fora no brasil e depois parar pra assistir um jornal nacional, nunk batem os incidentes principais, interessante isso né?

    ResponderExcluir
  30. A polícia civil suspeita que em outros pontos da Grande São Paulo grupos de extermínio estão agindo, há anos. Também com PMs entre os suspeitos. Muitos dos executados são menores de idade, às vezes com menos de 16 anos. Muitas vezes, executados ao acaso.

    Nisso tudo, uma certeza: nenhum PM é menor de idade. São todos maiores. E, a própria polícia investiga e admite: PMs estão executando pessoas. Cabe então uma primeira observação: o Estado quer mudar a maioridade penal, mas o Estado não consegue controlar seus policiais que matam.

    Se agentes do Estado, policiais, se disfarçam e agem como assassinos, que autoridade moral tem o Estado para propor esse debate, o da maioridade penal aos 16? Por mais que existam argumentos também a favor.

    No Rio de Janeiro, as milícias, o conluio de bandidos, policiais e políticos. Na Bahia, policiais são suspeitos em dezenas de execuções. Idem em Alagoas. Brasil afora, agentes do Estado são suspeitos de integrar grupos de extermínio. De matar aos montes, sejam bandidos ou apenas adversários no tráfico ou pessoais, o que for.

    Quando alguém pesquisar, descobrirá: nas últimas décadas, milhares de pessoas foram executadas no Brasil por grupos de extermínio. Uma pergunta que todos deveríamos nos fazer: como é possível debater maioridade penal a sério se nossas polícias, ou seja, o Estado, ainda abriga grupos de extermínio? Todos sabemos que agentes da lei cometem assassinatos e ficam impunes. Quase sempre, com amplo e cego apoio da sociedade. Ao tempo em que debate a maioridade penal, o Brasil deveria discutir o por que das suas polícias matarem como foras da lei.



    Bob Fernandes / O Estado mata e quer mudar maioridade penal http://www.youtube.com/watch?v=WVnefYION2s&

    ResponderExcluir
  31. Veiiiiii, na boa. Não precisa ir tão fundo pra saber que a Globo foi e é bancada pelos E.U.A. Basta pesquisar a história dela e verá que sempre houve investimento pesado dos E.U.A. Mas valeu por termos mais documentos que comprovam a relação de vassalagem entre ela e o capital americano.

    ResponderExcluir
  32. Documentário: "Muito Além do Cidadão Kane"
    http://www.youtube.com/watch?v=LNEDethMTEc
    http://www.youtube.com/watch?v=049U7TjOjSA


    "Beyond Citizen Kane (Muito Além do Cidadão Kane, no Brasil) é um documentário televisivo britânico de Simon Hartog exibido em 1993 pelo Channel 4, emissora pública do Reino Unido. O documentário mostra as relações entre a mídia e o poder do Brasil, focando na análise da figura de Roberto Marinho. Embora o documentário tenha sido censurado pela justiça, a Rede Record comprou os direitos de transmissão exclusiva, por 20 mil dólares do produtor John Ellis.

    A obra detalha a posição dominante da Rede Globo na sociedade brasileira, debatendo a influência do grupo, seu poder e suas relações políticas, que os autores do documentário vêem como manipuladoras e formadora de opinião. O ex-presidente e fundador da Globo Roberto Marinho foi o principal alvo das críticas do documentário, sendo comparado a Charles Foster Kane, personagem criado em 1941 por Orson Welles para o filme Cidadão Kane, um drama de ficção baseado na trajetória de William Randolph Hearst, magnata da comunicação nos Estados Unidos. Segundo o documentário, a Globo empregaria a mesma manipulação grosseira de notícias para influenciar a opinião pública como fazia Kane no filme. (...)" [CONTINUE A LER na wiki]
    http://pt.wikipedia.org/wiki/Beyond_Citizen_Kane

    ResponderExcluir
  33. O norte esta errado, não é os EUA, mas Cuba !!

    No mais esta matéria é simplesmente infantil ....

    ResponderExcluir
  34. Ora, ora, ora, quanta ingenuidade. Por acaso, Fidel Castro não recebe informações privilegiadas sobre o Brasil, não? Inclusive de fonte oficial? A União Soviética também não recebia, não?

    Parece que descobriram a pólvora.

    ResponderExcluir
  35. Hahahahahahaha é só ver o que a GLOBO fez na DITADURA!!

    e agora estão inventando novamente esse boato de "GOLPE COMUNISTA" a GLOBO só acompanhou as manifestações de agora porque é interessante pra ela e para os EUA passar a pior imagem do Brasil....

    Os países emergentes que inclui o Brasil vão se recuperar da crise financeira em 2016

    enquanto os demais que inclui o EUA só em 2019!!

    Eles estão com medo....e por isso querem enfraquecer a nação!



    ResponderExcluir
  36. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  37. Ninguem é mais escravo do que aquele que falsamente se acredita livre.
    Johann Wolfgang Von Goethe - 1749-1832
    Zeitgeist Addendum

    ResponderExcluir
  38. http://m.youtube.com/watch?v=W4aGc4wTRXA. Os integrantes do black bloc RJ esta fazendo ameaças contra morador em duque de caxias RJ.

    Black Bloc RJ os integrantes vem fazendo ameaças contra Cleyton
    Os membros do Black Bloc RJ vem fazendo ameaças contra morador de duque de caxias RJ

    ResponderExcluir
  39. Cidadão kane. Nem precisa de wiki.

    ResponderExcluir
  40. a mídia nacional aberta é uma vergonha os canais mais populares por exemplo transmitem notícias manipuladas , programação de baixa qualidade quase 70% da programação ou é novela ou é programas de pouca utilidade e pouco interessante ...

    acho que a 0''tv'' nacional ficaria melhor com canais com programações similares aos canais HISTORY , GEOGRAFIC , DISCOVERY , minha opnião

    ResponderExcluir
  41. Nunca fui com a cara de WILLIAM WAACK!!! Agora já sei o por quê...

    ResponderExcluir
  42. A Rede Globo tinha em seu primeiro logotipo a suástica de Hitler, disfarçada de cata-vento.

    ResponderExcluir